PT anuncia Haddad como candidato à Presidência da República

Manuela D'Ávila, do PCdoB, foi confirmada como candidata a vice-presidente; Lula foi impedido pelo TSE de disputar a eleição com base na Lei da Ficha Limpa

Por Ronaldo Costa Josino 11/09/2018 - 17:50 hs

Veja - O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi anunciado oficialmente como novo candidato do PT à Presidência da República na tarde desta quarta-feira 11. Ele substitui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve a candidatura vetada pela Lei da Ficha Limpa, por ser condenado em segunda instância a doze anos e um mês pelos crimes de corrupção passiva e lavagem no caso do apartamento tríplex no Guarujá (SP).

A decisão foi anunciada a menos de duas horas do fim do prazo dado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que a coligação O Povo Feliz de Novo (PT, PCdoB e Pros) substituísse seu candidato ao Planalto.

“Nós aceitamos o desafio do ex-presidente Lula, de não deixar o povo brasileiro e o Brasil sem uma opção para a sua luta. Por isso, estamos apresentando Fernando Haddad como candidato”, afirmou a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), que também confirmou Manuela D’Ávila (PCdoB) como candidata a vice-presidente.

Quando da rejeição do registro da candidatura de Lula, o Tribunal estabeleceu que os partidos tinham um máximo de dez dias para efetuar a mudança. A defesa do petista ainda protocolou diversos recursos ao longo dos últimos dias para tentar suspender a inelegibilidade ou, no limite, prorrogar o prazo para a substituição até o próximo dia 17, prazo geral adotado para as demais candidaturas.

A decisão de escolher Haddad, que estava registrado como vice, como novo candidato foi aprovada em uma reunião da Executiva Nacional do PT no início da tarde, que também definiu Manuela D’Ávila como candidata a vice-presidente.