4ª Sessão Ordinária: Vereador pede vista a requerimento de colega em dia de sessão cheia.

A população presente acredita que todos fossem a favor dos requerimentos, a câmara contou com muitas mães de crianças que hoje estão sem escola e estudando em uma casa feita de colégio na Comunidade de Areia Alvas, além dos populares locais. Em meio ao que se acreditava, o vereador Antonio Gustavo pediu vista aos requerimentos e impediu de serem votados.

Por Ronaldo Costa Josino 14/03/2019 - 22:53 hs

Na 4ª Sessão Ordinária do primeiro período legislativo de 2019, a participação popular deveria ter sido o grande destaque se não fosse um pedido de vista a um simples requerimento.

Estiveram presentes a sessão os vereadores; Bruno Gomes, João Carlos, Alexandre Paiva, Antonio Gustavo, Francisco Richarlyton, Carlos Lacerda, Ianara Santos e Clorisa Linhares.

Em viagem a Natal, faltou o vereador Erasmo Carlos.

Em destaque alguns requerimentos da vereadora Clorisa Linhares. A vereadora pedia através destes requerimentos, as empresas que realizaram as reformas do Ginásio Poliesportivo, da Escola Sagrado Coração de Jesus, bem como o nome da empresa que iniciou a reforma das escolas de Areia Alvas. Além dos nomes das empresas, os requerimentos da vereadora Clorisa Linhares também pedia: valor e o prazo das obras.

A população presente acreditava que todos fossem a favor dos requerimentos, a câmara contou com muitas mães de crianças que hoje estão sem escola e estudando em uma casa feita de colégio na Comunidade de Areia Alvas, além dos populares locais. Em meio ao que se acreditava, o vereador Antonio Gustavo pediu vista aos requerimentos e impediu de serem votados.

Logo depois da sessão, o vereador Antonio Gustavo disse ao Diário de Grossos e as mães ali presente que iria  Areia Alvas nessa sexta-feira (15) para ver pessoalmente a situação.

Antes disso, a popular Roselene de Oliveira, mãe de uma das crianças moradora e estudante da Comunidade de Areia Alvas, falou na tribuna e lamentou a situação que a comunidade se encontra e pediu ajuda de todos os vereadores para resolver o caso.

Durantes as falas dos vereadores, o destaque para o vereador João Carlos representante da Comunidade de Areia alvas que após concluir sua fala, levou vaia das próprias mulheres de Areia Alvas.

Falaram ainda; Clorisa Linhares, Ianara Santos, Bruno Gomes e Carlos Lacerda.

A sessão foi gravada ao vivo ( A imagem falha é devido a péssima internet do local)