Vasco vence o Bangu por 2 a 1 e faz a final do Carioca com o Flamengo

Yan Sasse, que entrou muito contestado pela torcida ainda no primeiro tempo, marca o gol da vitória cruzmaltina no Maracanã. Decisão será nos próximos dois domingos

Por Ronaldo Costa Josino 07/04/2019 - 18:23 hs

O Dia - O Vasco está na final do Campeonato Carioca após vencer o Bangu, neste domingo à tarde, por 2 a 1, no Maracanã, com gols de Bruno César, de pênalti, e Yan Sasse, que entrou muito contestado pela torcida ao substituir Rossi ainda no primeiro tempo e acabou dando a vitória ao Cruzmaltino. Yaya Banhoro descontou para o time de Moça Bonita. Vascaínos e rubro-negros decidirão o título estadual nos dois próximos domingos. 

Com a vantagem do empate para ir à final, o Vasco teve dias conturbados às vésperas do jogo decisivo contra o Bangu, com o elenco decidindo não concentrar para a semifinal por conta de salários atrasados. Mas, após uma conversa com o presidente Alexandre Campello, o grupo mudou de ideia. O time vascaíno entrou em campo com a frase 'O Maraca é de todos' estampada na manga, já que o clube não concorda com decisão do governo do estado em deixar a gestão do estádio com Flamengo e Fluminense.

Precisando da vitória para ir à decisão, o Bangu buscou o gol no primeiro tempo. Aos 14 minutos, Anderson Lessa chegou com perigo, mandando à direita de Fernando Miguel. A torcida vascaína começou a ficar impaciente com a postura do time e não escondeu a insatisfação quando o técnico Alberto Valentim colocou Yan Sasse no lugar de Rossi, machucado, aos 27 minuto.

A revolta aumentou quando Yan Sasse fez falta em Marcos Júnior, na entrada da área. A torcida vascaína perdeu a paciência com o treinador e começou a gritar "burro". Na sequência, Anderson Lessa cobrou a falta por cima do gol.   

O Bangu finalizava mais do que o Vasco. O lance mais perigoso do time cruzmaltino veio aos 38, quando Yan Sasse recebeu de Marrony e chutou de fora da área, mandando por cima do gol de Jefferson Paulino. Mas o time de Moça Bonita por pouco não abriu o placar no fim do primeiro tempo, aos 43, num chute de Yaya Banhoro que o goleiro Fernando Miguel espalmou, salvando o Vasco. 

Logo na volta do intervalo, houve intervenção do VAR. Após cobrança de escanteio, os jogadores do Vasco pediram puxão em Lucas Mineiro dentro da área. Após consultar o VAR, o árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda marcou pênalti. Bruno César cobrou e abriu o placar no Maracanã, aos sete minutos. O goleiro Jefferson Paulino chegou a pular no canto certo, mas não impediu o gol.  

O Bangu não demorou a empatar: num lance que começou com belo lançamento do goleiro Jefferson Paulinho, Yaya Banhoro deixou tudo igual no Maracanã, aos 10. O jogo seguiu movimentado e o Vasco voltou a ficar na frente, aos 14 minutos, justamente com Yan Sasse, que havia sido contestado, após receber passe de Bruno César. 

Aos 34, Yan Sasse ainda tentou ampliar de bicicleta, mandando à direita de Jefferson Paulino. No fim, a torcida do Vasco festejou a vitória e a vaga para a final do Carioca.