Reforma da Previdência: como votam os deputados federais do RN

Levantamento feito pelo Valor Econômico mostra quem vota contra, quem está a favor e quem são os que se mantêm indefinidos sobre o tema

Por Ronaldo Costa Josino 02/07/2019 - 17:31 hs

Do OP9 - O Rio Grande do Norte tem dois deputados federais a favor da reforma da Previdência; dois contra e quatro indefinidos. A informação está publicada no jornal Valor Econômico, que produziu o “Termômetro da Previdência”, com o voto de todos os deputados federais do Brasil.

São a favor da reforma os deputados Fábio Faria (PSD) e General Girão (PSL). O primeiro é filho do ex-governador Robinson Faria (PSD) e seu partido faz parte do bloco de apoio ao governo. O segundo é do partido do presidente Jair Bolsonaro.

Os dois deputados contra a reforma são Natália Bonavides (PT) e Rafael Motta (PSB). A deputada e o deputado apoiaram a governadora Fátima Bezerra (PT), eleita em 2018; e são oposição ao governo Bolsonaro.

Os quatro deputados até agora indefinidos são Benes Leocádio (PRB), Beto Rosado (PP), João Maia (PR) e Walter Alves (MDB). Os quatro são de partidos que compõem a base do governo, mas seguem sem anunciar o voto.

No placar nacional, levantado pelo “Termômetro da Previdência”, há até agora 93 deputados a favor; 78 que apoiam parcialmente; 198 indefinidos e 144 contra. A reforma precisa de 308 votos favoráveis para seguir.

É exatamente nessa indefinição e nesses apoios parciais que se concentra a questão envolvendo Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). O deputado cobra a presença do presidente da República para negociar a reforma com os deputados.

O relator da reforma da Previdência (PEC 6/19) na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), disse deve apresentar seu parecer sobre o assunto dia 9 de abril.

Nota do Diário de Grossos:

Pelo Instagram e acompanhando os parlamentares, o Diário pode resumir - se não mudarem de opinião - a seguinte votação:

Beto Rosado (PP) - Contra.

Natália Bonavides (PT) - Contra.

Rafael Motta (PSB) - Contra.

Fábio Faria (PSD) - A favor

General Girão (PSL) - A favor

João Maia (PL) - A favor

Benes Locádio (PRB) - Ainda não decidiu.

Walter Alves (MDB) - Ainda não decidiu..