'Um inocente está preso e um neofascista despreparado está no poder', diz Dilma Rousseff

Dilma falou em entrevista à Folha de São Paulo, criticando o presidente Jair Bolsonaro

Por Ronaldo Costa Josino 20/08/2019 - 22:53 hs

A ex-presidenta Dilma Rousseff criticou o presidente Jair Bolsonaro chamando-o de “neofacista” e afirmou que enquanto “um inocente (Lula) estava preso” um “neofacista despreparado estava no poder”. A entrevista foi dada à Folha de São Paulo.

“O mal está feito. O Brasil está sendo devastado por um governo neofascista na política e neoliberal na economia, encabeçado por um presidente escatológico e intolerante. Flagradas suas parcialidades, o juiz e os procuradores que se uniram em conluio para condenar Lula, destruir a economia e atropelar a Justiça negam o inegável. Desmentem o indesmentível”, disse a ex-presidente.

Ela também falou sobre o fato do ex-presidente está preso: “o resultado é vergonhoso: um inocente está preso e um neofascista despreparado está no poder”.

“Só haverá justiça com a anulação do julgamento e a absolvição de Lula”, concluiu.