Mossoró fecha a quinta-feira (05) com três mortes violentas. Veja.

Por Ronaldo Costa Josino 05/09/2019 - 23:54 hs

1º Crime

Nem era dia ainda, foi logo nas primeiras horas da madrugada desta quinta-feira (05) quando Gilson da Silva Santos, 36 anos de idade que trabalhava como flanelinha na Praça do Relógio no Centro da cidade se envolveu com outro homem em uma discussão por conta de um dinheiro, segundo a testemunha uma briga por um valor de três reais.

Na discursão Gilson da Silva Santos levou a pior e foi perfurado no peito e morto no local.

2º Crime

Por volta das 10 hs da manhã desta mesma quinta-feira (05) mais um crime. Dessa vez na  Rua Santa Luzia, próximo a Praça Vilma Maia no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Segundo informações a vítima foi Alexsandro Santos da Costa de 20 anos de idade.

Ele trabalhava como barbeiro/cabeleireiro e quando foi morto estava fazendo reparos numa motocicleta na área de sua residência.

Alexsandro foi surpreendido pelos criminosos no momento que fazia manutenção na sua motocicleta na área da residência e ao lado de uma barbeira de sua propriedade.

Segundo o perito criminal Bene Lemuel, Alexsandro foi executado com cerca de 15 tiros de pistola e de revolver calibre 38, sendo a grande maioria dos tiros na cabeça.

3º Crime

Já por volta das 15 hs, no  Riachinho, zona rural de Mossoró, Antônio Reginaldo de Oliveira, de 49 anos de idade, natural da cidade de Caraúbas e há 18 anos residindo na comunidade de Riachinho, zona rural de Mossoró foi executado com cerca de 15 tiros de pistola dentro de casa.

Segundo informações, dois criminosos chegaram na residência, aonde Antônio morava e mantinha uma pequena vacaria. Um deles desceu da moto e foi até a cozinha da residência aonde a vitima estava com a esposa. Sem que houvesse qualquer discussão, o criminoso descarregou todas as munições da arma na vitima que morreu no local.

Base de informações: O Câmara e Passando na Hora.