Bebê de três meses morre sufocado após mãe dormir em cima dele no Nordeste

Polícia classificou o caso como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Após prestar depoimento, ela foi liberada

Por Ronaldo Costa Josino 21/10/2019 - 22:19 hs

Um bebê de três meses morreu sufocado após a mãe dormir em cima dele em Marechal Deodoro, na Região Metropolitana de Maceió. De acordo com exames realizados no corpo da criança, não houve esganadura e a principal linha de investigação da Polícia Civil é de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Após ser ouvida pelos investigadores, ela foi liberada. A criança ainda não era registrada.

O  delegado Leonam Pinheiro, que investiga o caso, disse que a hipótese de morte por esganadura está descartada. “De acordo com o perito, não houve esganadura. Ou seja, não houve a compressão do pescoço. Houve uma sufocação direta ou indireta. Ou houve a compressão direta das vias aéreas, ou seja, tapou a boca e do nariz; ou indiretamente, apertando e comprimindo os pulmões”, explicou.

O delegado afirmou que a mãe estava bêbada e cochilou sobre o  filho. “Isso aconteceu porque a mãe estava embriagada e acabou cochilando no filhinho de três meses. Tudo leva a crer que foi homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas as investigações continuam”.

Do OP9