Trump diz que tem 52 alvos na mira em caso de retaliação do Irã

Presidente dos EUA afirmou no Twitter que resposta será dura e rápida caso país persa realize algum ataque contra alvos americanos

Por Ronaldo Costa Josino 05/01/2020 - 00:18 hs

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou na noite deste sábado (4) no Twitter que tem na mira 52 alvos no Irã, "alguns deles de alto nível e de grande importância" para o país, e que não hesitará em atacá-los caso os iranianos atinjam algum americano em vingança pela morte do general Qassem Soleimani, na última sexta-feira (3). Segundo Trump, o ataque será “muito rápido e muito duro”.

O número é uma alusão aos 52 norte-americanos feitos reféns por mais de um ano no final dos anos 70 após um grupo de estudantes e militantes islâmicos tomar a embaixada dos EUA em Teerã, em apoio à Revolução Iraniana.

Na postagem, o presidente norte-americano classificou como audaciosas as ameaças do Irã, que listou 35 alvos dos EUA no Oriente Médio. O republicano disse que os EUA não querem mais ameaças.

Trump acusou Soleimani de matar um americano e de ferir muitos outros, "sem mencionar todas as pessoas que ele matou durante sua vida, incluindo recentemente centenas de manifestantes iranianos".

O governo americano afirma que milícias comandadas por Soleimani são responsáveis pela morte de centenas de soldados americanos no Iraque. Além disso, a invasão à embaixada americana em Bagdá na última terça-feira (31) e o atentado contra uma base militar dos EUA no Iraque também foram planejadas por estas milícias, segundo o governo americano.

R7,