Cidades do RN começam a proibir passeatas, comícios. . . com aglomerações. Veja.

Por Ronaldo Costa Josino 29/09/2020 - 07:19 hs

Caicó:

Nesta segunda-feira (28), o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata), através das redes sociais, reafirmou o seu posicionamento em relação as aglomerações nesse período eleitoral.

“Quero reafirmar meu posicionamento já externado no último sábado sobre os atos políticos que gerem aglomerações nesse período que ainda estamos enfrentando a pandemia e com sérios riscos de uma segunda onda maior pior.

Já acionei a Procuradoria Geral do município para dentro da lei tomar as medidas cabíveis para evitar o que estamos assistindo em cidades, inclusive vizinhas a nossa.

Vamos abrir um novo Centro de COVID e não podemos ser irresponsáveis ao ponto de promover uma tragédia ainda pior na saúde e também na economia, pois se os casos aumentarem seremos obrigados a impor novas medidas que irão afetar fortemente o comércio e outras áreas”, disse o prefeito Batata.

Estamos decretando a proibição de eventos políticos que gerem aglomerações, tais como, passeatas, carreatas, comícios e similares. O momento requer a máxima atenção e cuidado para evitar uma grande onda de novos casos e mortes por COVID-19.(B. do f.Silva)

Florânia.

A prefeita de Florânia (RN), Márcia Nobre, proibiu através de decreto passeatas, carreatas e fogos de artifício.

De acordo com a justificativa do decreto a ação é em decorrência  ao histórico dos casos da COVID-19 no Município.

A campanha será basicamente através das Redes Sociais e algumas visitas pontuais.

Casos em Florânia

Até o presente momento são 139 (cento e trinta e nove) casos confirmadosdentre os quais, 06 (seis) casos ativos; 05 (cinco) óbitos e, ainda, 21 suspeitos, segundo registra o último Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde. (Blog do Jasão)