Fundeb de novembro ultrapassa os R$ 500 mil.

Por Ronaldo Costa Josino 01/12/2020 - 14:51 hs

Se por um lado o município lamenta a perda dos royalties que “sumiram” desde o ano passado, por outro lado exalta a crescimento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

O ano de 2020 em consequência da Pandemia as aulas presenciais foram suspensas ainda no inicio e durante todo e até o momento, estão sendo realizadas de forma não presenciais (remota através de vídeos chamadas, atividades online, grupos de whatsApp e vídeo do you tube). Segundo o Estado, as aulas presenciais retornarão somente em fevereiro.

Mesmo assim, os recursos do FUNDEB não deixaram de entrar no município e nesses 11 meses de 2020, o município recebeu mais de R$ 4 milhões.

Veja:

Janeiro - R$ 456.644,74

Fevereiro - R$ 529.902,72

Março – R$ 389.757,82 

Abril - R$ 357.347,02 

Maio - R$ 336.439,18

Junho - R$ 343.630,83

Julho - R$ 352.951,64 

Agosto - R$ 364.501,48

Setembro - R$ 352.825,71

Outubro - R$ 426.339,40

Novembro - R$ 510.759,69

Um total de R$ 4.421.100,23

Ainda assim, alguns professores receberam atrasados no mês de outubro e entraram dezembro sem receber o mês de novembro, em outras palavras, o município não pagou os professores dentro do mês trabalhado.

Espera-se que ainda nesta semana o mês de novembro seja pago, mas a pergunta é: Dezembro será pago dentro do mês ou ficará para o próximo gestor, no caso gestora?

Esperamos que José Maurício, que criticou a postura do governo anterior, der exemplo, pague a todos dentro do mês e entregue a "prefeitura" com tudo em dias....

O dinheiro do Fundeb é um dos poucos que não deixa de entrar nas contas da prefeitura ou que se é bloqueado.

 

Siga-nos no Instagram:@diariodegrossos.